dugongo viagensViver uma grande aventura na África!

Contato:
T. +258 82 820 6576

facebook twitter

Atenção! Este site usa cookies e tecnologias semelhantes.

Se você não alterar as configurações do seu navegador, você aceita a sua utilização. Saiba Mais.

Eu concordo

sudafrica y su encanto

ÁFRICA DO SUL, UM PAIS PARA VIAJAR


Após muitos anos isolada, o mundo está a descobrir a África do Sul fora do contexto político e do ouro: a beleza natural das suas paisagens, a mistura de culturas, os excelentes vinhos e comidas que de certeza encantam o viajante... As possibilidades de observar a fauna e flora abundante, sem descurar os alojamentos que são muito confortáveis o que converte o país num destino ideal. Se for amante do ecoturismo, o país dispõe de 3000km de costa, com praias de areia branca, montanhas, savanas, bosques e uma infinita lista de atividades para praticar, sem dúvida alguma o que procura não está noutro lugar.

Na África do Sul, há cidades sofisticadas no que concerne a tecnologia do Século XXI, coexistindo com aldeias onde o tempo parece ter parado. A diversidade cultural é única, o ancestral e o europeu numa fusão com as tradições e lendas de África junto com o misticismo oriental.

História

història africa do sul

Existem provas de que esta parte do mundo foi o berço da humanidade pois foram encontrados fósseis nas covas de Kromdraai e Sterkfontein, o que confirma que os antepassados préhistóricos do Homo Sapiens habitaram este lugar há 3 milhões de anos.

Até ao ano 1000 AC, África meridional era habitada por escassos povos caçores­ recoletores, os Khoisan da Idade da Pedra.

Os agricultores e pastores buntus desceram da África Central, estabeleceram­se definitivamente na região a partir de 1200. Estas populações mais avançadas, moveram os Khoisan, que eram os povos mais antigos que se dedicavam a caça e a recoleção.

  • Em 1488, o navegante português Bartolomeu Dias, bordeou pela primeira vez o Cabo da Boa Esperança e abriu uma nova rota marítima entre a europa e o oriente. Em 1652, o holandês Jan Van Riebeck estabeleceu um posto permanente de aprovisionamento no Cabo da Boa Esperança para a companhia holandesa das Índias Orientais.
  • Em 1910, constitue­se a União Sul africana.
  • Em 1948, o Partido Nacional vence as eleições gerais e, implanta a política do Apartheid que se baseavam em duras leis racistas de segregação.
  • Em 1990, o governo do Partido Nacional veta o Congresso Nacional Africano(ANC) e outras instituições políticas da Esquerda e liberta Nelson Mandela, após 27 anos de prisão. Retirada gradual da lei do apartheid.
  • 1994, celebram­se as primeiras eleições multi­raciais. O ANC venceu em maioria absoluta e continua atualmente no poder.

Geografia

mapa africa do sul

África do Sul situa­se no extremo sul do Continente Africano. O país divide­se em nove províncias, com uma superfície de 1. 219.099 Km² o que lhe confere duas vezes o tamanho da França.

A costa estende­se ao largo de 2.945 Km a oeste o frio Oceano Atlântico e a este, o temperado Oceano Índico. A costa possue praias de areia branca e dourada e na parte oriental é bordeada por bosques e desertos a oeste.

POPULAÇÃO

Existem 11 idiomas, porém os dois principais são: o Ingês que é usado como meio de comunicação pela grande maioria sulafricana e o Afrikaner, derivado do holandês que, é usado pelos Boers e pelos mestiços, para além de outros idiomas.

Existem pelo menos 20 grupos étnicos. Esta diversidade cultural enriqueceu a música, a arte, o artesanato e a cozinha, o que resultou numa sociedade muito criativa e plural. A religião predominante é a católica porém, praticam­se outros cultos tradicionais africanos, ainda o islamismo e o induísmo.

Nos princípios do Sec. XXI, a população rondava os 45.000.000 de habitantes: 75% correspondem a raça negra e 14% a raça branca. Os restantes correspondem aos mestiços e asiáticos.

Economia

A África do Sul é o verdadeiro motor de África, alcançando os 28% do PIB do continente. Também ressalta­se em termos de infraestruturas e setores financeiros, o que lhe confere um sistema financeiro entre os 10 mais desenvolvidos do mundo. Os modernos setores industrial e financeiro estão apoiados por plantas geradoras de eletricidade, redes de transporte avançadas e um sistema de telecomunicações altamente sofisticado.

No passado a economia sulafricana estava baseada na mineração e na agricultura. Atualmente, a indústria e os serviços financeiros são os setores mais importantes, cada um contribue mais do dobro do PIB que a mineração. Sem embargo, a riqueza mineral do país é de vital importãncia para a economia sendo resultante os 30% do ingresso das divisas.

Fauna

fauna africa do sul

Nos 30 parques nacionais e nas inumeráveis reservas privadas podem­se ver animais. O país protege a última população importante no mundo de rinocerontes brancos e negros. É ainda o melhor lugar para ver os Big Five: Elefante, Rinoceronte, Búfalo, Leão e Leopardo.
As reservas situam­se nos diversos habitats que variam desde dunas até bosques subtropicais. O Kruger National Park alberga mais espécies de vida silvestre que qualquer outro parque do continente.

Flora

flora africa do sul

A riqueza da flora sul africana representa 10% do número total de espécies que existem no mundo. Com 22.000 espécies, supera os EUA. Uma mistura de climas tropical e temperado produziu cinco grandes tipos de habitat: fynbos, bosques, karoo, pradaria e savanas.

OBSERVAÇÃO DE AVES

O país conta com mais de 900 espécies de aves das quais, mais da metade encontra­se no Kruger National Park. Nylsvlei oferece um dos lugares mais extraordinários do mundo para a observação de aves.